quinta-feira, 9 de maio de 2013

Sinopse do livro





Terra, ano 2016.
Sara Minamoto é uma garota de 22 anos, reservada e determinada.
Em seu sangue, flui a alma de seus ancestrais mais remotos: um famoso clã de samurais que fizeram história no Japão feudal. No presente, sua paixão pela espada a conduzirá por caminhos cheios de desafios e mistérios. Tudo isso num mundo sacudido pelo terror desencadeado por uma guerra extrema: o game virtual que introduz na vida real a morte manipulada por jogadores inescrupulosos.

Em tal cenário avassalador, ela terá que lutar para sobreviver, ao lado de Luna (sua cadela Fila) e sob a tempestade de conflitos e perigos que se abateu sobre o planeta. Junto, Sara vive a recente descoberta do amor, de mistura com a batalha contra os horgs, os terríveis avatares cibernéticos!

Os horgs são montados por uma IA (Inteligência Artificial) poderosa e rebelde. Antes, as configurações dos avatares são definidas e enviadas à IA mediante acesso de gamers humanos a consoles virtuais disponibilizados na Internet. Os guerreiros são a seguir disseminados na superfície do planeta, onde se materializam por meio do sistema de satélites em órbita da Terra.

Mas como desativar a Internet, ou mesmo tornar inoperante a cobertura de satélites, na tentativa de deter os jogadores anônimos (blindados pela IA, que, através das drásticas ações deles, quer entender como funciona a psique humana), sem causar com isso uma catástrofe político-econômica global? Potencialmente, uma ruptura da normalidade ainda mais demolidora do que a guerrilha cibernética deflagrada!


Descubra ainda a civilização anônima que realmente governa o mundo acima de todos os governos terrenos e sociedades secretas, bem como o que nós, meros seres humanos, representamos no jogo sigiloso disputado sobre o tenso tabuleiro da História.
Para adquirir o livro: Jogos Universais

2 comentários:

  1. Ricardo, te desejo sorte e visibilidade nessa empreitada árdua e enriquecedora que é a construção de uma estória. Sei que tu priorizará os detalhes e a ficção científica no seu estado mais puro. É bem você mesmo. Parabéns pelo material postado. Go on, man.

    ResponderExcluir
  2. Aldo, muito obrigado pelas palavras de incentivo. Também as retribuo, pois lembro-me de uma vez você ter comentado comigo (no tempo da AG2) que estava escrevendo uma história. Por falta de tempo, acabamos não conversando sobre o teu enredo, mas o assunto ficou escrito na minha memória.

    Grande abraço, e go on!

    ResponderExcluir